Como não errar escolhendo as músicas para o casamento? - Blog Casamento Único

Como não errar escolhendo as músicas para o casamento?

Por Joia Única em
Como não errar escolhendo as músicas para o casamento?

Seleção deve ser organizada pensando em cada momento da cerimônia

As músicas são um dos pontos mais importantes para criar a ambientação perfeita em um dos dias mais importantes da vida de um casal. Por isso, separamos algumas dicas para auxiliar nessa escolha, contemplando:

  • A entrada dos padrinhos, do noivo, da florista, da noiva e das alianças;
  • A benção das joias e a comunhão (se houver);
  • A assinatura e os cumprimentos;
  • A saída dos cônjuges.

Quer entender mais sobre esse processo? Continue no nosso artigo!

Imagem de casal em altar durante cerimônia de casamento

Antes de qualquer coisa…

O ideal é seguir uma linha de desenvolvimento paralela ao que se definiu como estrutura para a cerimônia. Ou seja, esboce um roteiro para seguir e superar os momentos de maior turbulência. Isso pode ajudar a organizar melhor todo esse processo e evitar imprevistos.

Não limite sua criatividade!

Existe um termo muito comum no meio da publicidade, e que tem se espalhado cada vez mais para outras áreas, que é definido como brain storm, ou “tempestade cerebral”, em tradução livre. A ideia desse processo é externar toda sua criatividade, mesmo que ela pareça, em um primeiro momento, fora de contexto. Essa etapa serve principalmente como inspiração para projetos, criando ligações que não aconteceriam normalmente sem esse exercício.

Logo, adaptar esse recurso ao planejamento de um casamento pode ser muito vantajoso, desde que seja feito com antecedência. Sempre que ouvir algo promissor, anote e guarde para fazer uma triagem, assim nada marcante ficará de fora desse momento.

Relembre conversas, fases, viagens e passe tudo para o papel sem nenhum filtro. Qualquer alteração será feita em momentos futuros, portanto, não há motivos para dor de cabeça.

Como escolher?

É óbvio que eventos dessa magnitude são extremamente personalizados e se adaptam conforme a vontade e a realidade de cada um dos envolvidos. No entanto, algumas regras podem ser estabelecidas de maneira mais ampla para tornar esse momento mais fluido e dinâmico.

Em linhas gerais, as escolhas que se desenvolvem de forma gradual se encaixam melhor nesse contexto. Em outras palavras, começar com alguns ritmos mais leves e terminar com outros mais animados pode ajudar a criar uma imersão ainda mais profunda e emocionante. Depois, podemos seguir uma breve trilha baseada na sugestão que estabelecemos no início do nosso material.

Por mais difícil que isso seja, o primeiro passo ideal é estipular a quantidade de músicas que serão tocadas, e em quais momentos cada uma delas será reproduzida. É comum que algumas pessoas utilizem o mesmo som para mais de uma ocasião, portanto, utilize o rascunho que citamos anteriormente para definir cada uma dessas especificações.

Em seguida, combine cada melodia a circunstâncias específicas. Afinal, não é ideal que, durante os votos, a voz de um cantor ou cantora supere a fala do casal. Por mais que o volume seja ajustado, o ideal é focar em algo instrumental nesse instante.

E tome muito cuidado!

Se você ama acompanhar o universo dos casórios, por exemplo, é possível que tenha se deparado com vídeos em que uma música extremamente incompatível com esse modelo de cerimônia toca, normalmente em outro idioma. Por isso, tome muito cuidado com suas escolhas e evite constrangimento através de pesquisas rápidas sobre a tradução e o significado de expressões. 

Quais os momentos certos?

A depender do formato adotado para a sua cerimônia, algumas músicas podem entrar ou sair da sua lista. Por isso, separamos os momentos que, em geral, precisam de uma trilha sonora adequada. São os seguintes:

Entrada dos padrinhos e do noivo

É possível utilizar apenas um áudio para esses dois momentos, que normalmente deve ocorrer de forma discreta e sóbria. Alguns padrinhos gostam de sugerir opções mais ousadas para esse momento, mas como citamos anteriormente, o ideal é seguir com gradualidade.

Entrada da florista

Pode servir como um aquecimento para a estrela da noite, que entrará a seguir. Por isso, também deve ser sóbria, mas pode provocar um pouco mais. Em geral, utilizam músicas mais infantis, como temas dos filmes da Disney.

Entrada da noiva

O momento mais esperado da vida de tantas pessoas não pode ser arranhado por uma música inadequada. Portanto, evite os sucessos do momento e, na dúvida, aposte em clássicos. Afinal, por mais que muitos insistam em negar, isso não significa ser clichê.

Benção das alianças

Na religião católica é comum se rezar ou cantar versões da oração Ave Maria. Porém, caso não seja o seu caso, pode voltar a aplicar opções tranquilas, de preferência instrumentais.

Comunhão

O mesmo vale para essa breve fase. Não exagere e permaneça na linha dos sons discretos.

Saída dos noivos

Esse é um momento mais informal em que trilhas menos sérias podem ser adotadas. Invista em algo alegre e animado, porém sem exageros! Deixe a extravagância para a festa que virá a seguir.

Transformando tudo em resultados

Após desenhar todos esses pontos, é hora de garantir que tudo seja colocado em prática corretamente. Invista em profissionais qualificados com experiência na área. Apesar de parecer simples, esse dever é extremamente complexo, e pode influenciar diretamente no seu momento.

E tome muito cuidado com os “detalhes óbvios”! 

Somos seres humanos, qualidade que basta para nos fazer cometer erros impensáveis, como procurar os óculos que estão na nossa cabeça ou achar que perdemos o celular que está na nossa mão. Portanto, tenha cuidado redobrado com o que parece simples

Se certifique de que o local não possui restrições quanto ao que foi selecionado, não reproduza os áudios a partir de programas que apresentam propagandas e, principalmente, tenha certeza que seus arquivos estejam salvos em mais de um local diferente. Evite o desgaste e torne esse momento único como sempre sonhou!

Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.